_ *****************************************************************************

terça-feira, 28 de setembro de 2010

As BIRRAS, oh FASE DIFICIL!!!!

Foi so eu falar pra uma amiga que Miguel estava mais calmo com as birras que no dia seguinte tudo voltou ao que era.
Fui dar banho nele a noite antes de dormir como faço sempre e na hora de sair não queria de jeito nenhum. Ai começou o escandalo, pedi ao pai pra tira-lo e no colo do pai a gritaria continuou, nunca vi o Miguel gritar e se esperniar tanto como dessa vez. Não conseguia seca-lo. Quem escutasse ia achar que estavamos batendo nele porque cada vez que chegava perto pra seca-lo ele gritava mais ainda e dizia: - Ai, ai para!!! Sei que foi uma luta!!!
Sabia que alem de não querer sair do banho tinha o fato de estar com sono. Essa é outra situação dificil de lidar, Miguel com sono, nosso Deus! Olha que eu tenho paciencia mas tem horas que ele me tira do serio.
Confesso que fiquei bem assustada com essa crise dele mas depois pensei que ia passar, que é uma fase....
E ontem foi a mesma coisa, não o levei para a escola porque estava chovendo muito por aqui e ele esta muito gripado( novamente)e estava sem carro. Resolvi dar uma banho nele a tarde, pra que?! Na hora de sair mas uma cena de birra e não deixou eu colocar a roupa nele, tentei de todas as maneiras e o maximo que consegui foi a fralda assim mesmo com muito esforço e ele depois disso virou pro canto e dormiu. Tão rapido que ate me surpreendeu e so assim pude arruma-lo.
Tenho sido firme com ele, converso, ponho de castigo. Sou bem mais firme que o pai, ele tem hrs que tem pena e tenho que reprende-lo por isso. Acho que criança tem que ter limites não pode fazer o que quer e a hora que quer mas tb sei que tem horas que quanto mais a gente fala pior vai ficando e mais irritada fica a criança. Como é dificil achar o meio termo, confesso que tem horas que me sinto um pouco perdida. Me perguntando se tenho agido certo, se ele esta assim por minha causa. Culpas de mãe!!
E com vcs como estao lidando com essa fase??

5 comentários:

Miguel...Presente de Deus disse...

Amiga eu entendo bem o que vc senti. O Miguel faz a mesma coisa,faz pirraça pra entrar no banho,daí eu inventei em levar vários brinquedinhos pra ele brincar lá dentro,acaba que quase não dá ele na banheira de tanto brinquedo que ele quer levar junto.rs e pra sair a mesma luta,eu tento tira-lo dizendo que vai começar o cocorico,as vezes dá certo,outras vezes digo que vou pegar a toalha nova que ele adora,daí ele sai. Mas tem vezes que a birra pra colocar a roupa é itensa e eu acabo perdendo a paciência. Outro dia ele gritou tanto e sacudindo o corpo pra eu não colocar a fralda,dei duas palmadas na bunda dele que ele parou estatalado me olhando,morri de pena mas acho que ele percebeu quem mandava naquele momento.
Amiga é muito difícil educar,mas tenho certeza que vc não está errando em nada,isso tudo é apenas uma fase.

beijocas

Carla e Miguel

Vanessa Dias disse...

Amiga isso faz parte, aqui tb acontece isso. Apesar do Pedro n ser birrento, as vezes ele teima de um jeito, q minha nosssa !! Haja paciência viu?
Mas é assim mesmo, cada fase uma etapa nova a se passar.
Boa sorte.
Bjsssssssssss

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

Ai..essa fase é msm complicada...
:-/
o meu ate hj faz birra para o banho..é um tal de "vou já"...mas melhorou bastante...depois que eu inventei d elevar os brinquedos dele para o banho,ele ate que se anima!!! pq vc n tenta??
outra coisa que fez sucesso foi a "massaroca" da Natura..aquela massinha de modelar que vira sabonete..foi um sucesso!!!
Boa sorte, bjse boa semana!!!

selma pereira disse...

Oi Carol....Acho que essas crianças combinaram de tentar nos enlouquecer viu. Ficamos perdidas mesmo, pois temos que educar, mas não podemos bater, então grito como uma louca e ele fica agressivo também, se deixamos fazer o que querem, eles se matam....Meu Deus essa fase é terrível mesmo.

Fora isso têm essas renites/sinusites/gripes e afins que insistem em atacar os pequenos, fazendo eles sofrerem e a gente terminar de pirar né.

Que Deus nos de paciência e sabedoria para lidar com essa situação Amiga. Depois vou ti mandar um e-mail. Obrigada pela força.

Bjs.
Selma

Mamãe Aline disse...

Oi Carol, também vivo esse dilema.
Não sei o que fazer, as vezes falo alto, o que não adianta, mas não quero gritar. É tão difícil, de acharmos a maneira correta, né?
Continuemos tentando...